Pular para o conteúdo principal

Postagens

Análise Fílmica de Terceirizado, um trabalhador brasileiro

Eduarda Santana Faculdade IBC eduardasantanacoach@gmail.com TERCEIRIZADO, um trabalhador brasileiro. MAIOR, Jorge Luiz Souto. São Paulo. Faculdade de Direito da USP - Universidade de São Paulo, 2014. O documentário “Terceirizado, um trabalhador brasileiro” realizado pelo Grupo de Pesquisa Trabalho e Capital, ligado ao Departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social da Faculdade de Direito da USP - Universidade de São Paulo, possui uma abordagem informativa e pautada em entrevistas, com a exposição contínua e rica em exemplos de situações em que o trabalhador é vítima de um sistema distante de alcançar o cenário desejado. O fundamento do projeto é a Constituição da República Federativa do Brasil e os Direitos Humanos de forma a contextualizar e evidenciar a discrepância entre expectativa e realidade por uma perspectiva politicamente social. É possível identificar recorrentes situações em que o contexto exige uma contínua e árdua dedicação, para significativos retornos à emp
Postagens recentes

Resumo do livro "Pequeno Manual Antirracista"

  Eduarda  Santana Faculdade IBC eduardasantanacoach@gmail.com   RIBEIRO, Djamila. Pequeno Manual Antirracista. São Paulo. Companhia das Letras, 2019. 136 páginas. Podemos iniciar com a definição genérica que é relatada às crianças logo cedo de que os negros foram escravizados, e mais, a vida anterior é simplesmente omitida. Os negros foram acusados de serem passivos ante a escravidão. A princesa Isabel é exaltada como uma redentora aos negros. Uma perspectiva unilateral. Segundo Djamila, é apropriado que se troque o termo “a população negra era escravizada” por “a população negra foi escravizada” para desvincular a conotação de condição natural e assim fica mais intuitivamente compreensível que a escravização fez parte de um dado período da história. Para a autora refletir sobre aspectos ignorados pela maioria da população é uma experiência complexa e dinâmica, pois seu pai Joaquim José Ribeiro dos Santos, ativista do movimento negro, que ajudou a fundar o Movimento Comuni

Experiência de Hawthorne

A abordagem humanística de Elton Mayo      A experiência de Hawthorne foi desenvolvida pelo Conselho Nacional de Pesquisas coordenada por Elton Mayo na Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos de 1927 a 1932 na cidade de Chicago no bairro Hawthorne na indústria têxtil Western Electric Company com turnover muito alto.      A base da Teoria das Relações Humanas é a experiência Hawthorne, é até possível que muitas outras pessoas tenham percebido os resultados identificados de forma empírica, mas senso comum não tem força entre as pessoas que tem poder de ação. É incrível ver como a estrutura científica de um experimento eleva o valor de uma ocorrência. Levantar dados e estruturar dentro de um padrão geram informações que com um objetivo de aplicação se tornam conhecimento.       A Experiência de Hawthorne aconteceu em quatro fases e poderia ter um alcance muito maior com mais investimentos financeiros. Cada fase foi mais intensa que a outra, sempre ao realizar um período de anális

O Assédio Moral e o Impacto no Clima Organizacional

     Assédio Moral pode ser definida como uma manifestação que expresse abuso na conduta e exposição de trabalhadores no ambiente de trabalho de tal forma a gerar uma situação humilhante e constrangedora repetidamente por tempo prolongado por comportamentos, palavras, atos ou escritos que possam Proporcionar danos à personalidade, à dignidade ou à integridade física de uma pessoa, vulnerabilizar a estabilidade do emprego ou  degradar o ambiente de trabalho.      A partir da compreensão de sua definição é possível identificar o ambiente não desejado para se trabalhar e como o caos e divergência de valores é presente em um ambiente onde a ignorância se torna o regulador do ambiente.       A organização possui um clima consequentes, ou seja, o clima não é o guia e sim o reflexo do guia. Assim como uma consequência depende de um fato gerador, tal é o clima organizacional, e por esta ótica é possível identificar vários impactos: Um trabalhador vulnerável cercado de pessoas ignorantes: este

Iluminismo, Fé, Senso Comum e o Conhecimento

Iluminismo      O iluminismo foi um movimento intelectual e filosófico que ocorreu no período de 1715 à 1789 na Europa onde Descartes, Bacon, Locke e Newton foram prógonos. A influência foi astutamente estratégica permitindo o posicionamento dos que defendiam o uso da razão contra o antigo regime e a maior liberdade econômica e política. É possível destacar o empreendimento pedagógico “Encyclopédie” (1751-1772) por Denis Diderot e Jean d’Alembert como basilar para mudança da maneira de pensar das pessoas, cenário que permitiu a secularização da aprendizagem e distanciamento dos jesuítas o que também preparou a revolução francesa. Podemos resumir o iluminismo como um movimento de cisão, visto que tudo se encontrava centralizado junto à religião. Fé            O crer é consequência de um cenário de vida, pois todas as nossas ações são reativas a algo e por isso a possibilidade de crer em religião e ciência ao mesmo tempo não está na religião ou na ciência e sim no indivíduo.  Uma pessoa

Soul, uma Visão Coaching

    O filme Soul é uma animação da Disney que propõe uma explicação sobre o antes durante e depois da vida de forma lúdica e muito envolvente, além da estratégia inclusiva com foco na Física Quântica.      Aspectos polêmicos como o momento exato em que a alma entra no corpo e o que exatamente se encontra após a morte não foram abordados.      No que tange o antes da vida as almas novas se enquadram no papel de Coachees e são conduzidas por um processo de aprendizagem e descoberta de uma nova dimensão, enquanto algumas almas que já passaram pela vida são as mentoras das respectivas almas, se enquadrando no papel de Coaches.      Embora a aprendizagem não seja o foco do Coaching e sim a autodescoberta e o Coach não transmita conhecimento como um mentor é possível utilizar estes papéis do Coaching em diversos momentos, visto que os papéis oscilam por diversas vezes.      Antes da vida as almas novas tem suas personalidades desenvolvidas em diversas rotinas e encantadas por uma missão com

O ENTUSIASMO E A VIDA ADULTA

      Adulto... quando imaginamos uma pessoa na fase adulta da vida imaginamos uma pessoa séria, sempre ocupada com algo de grande importância. Há quem diga que é possível imaginar festas, bebida, viagens, mas... o que faz brilhar os olhos de um adulto?     Uma criança, geralmente, está associada a uma postura transparente de sentimento, é possível identificar uma criança descobrindo o mundo com entusiasmo, fazer algo diferente é descobrir o mundo, é ainda conquistar o mundo, são experiência novas, o que mantem os olhos de uma criança sempre brilhantes revelando a a energia em viver determina experiência.     O entusiasmo na vida do adulto é algo tem presente quanto a copa do mundo, acontece periodicamente com intervalos espaçados programação previsível e satisfação incerta.     Mas o que é o entusiasmo?     Segundo o estudo mais profundo da felicidade, a Psicologia Positiva, o entusiasmo é uma das 24 forças de caráter universais, um holofote da virtude da coragem .